Informações atuais

Nos últimos 60 anos, em mais de 40% do Brasil, a natureza foi destruída para manter a economia e alimentar o progresso.

Em 2010, o Brasil entra em processo regressivo, caso a destruição da natureza continue mantendo o progresso.

O que restou de natureza nativa do Nordeste ao sul, não mantém mais o clima estável e, destruindo o que resta nos próximos 20 anos, o país entrará em colapso econômico e a sociedade em caos.

Os dois maiores problemas “invisíveis” (em 40%) do território brasileiro são:

1- O AQUECIMENTO DA TERRA (SOLO)

Esta é a situação real do que acontecerá em todo o território brasileiro, se nada for feito, imediatamente, para salvar as matas nativas, pois este fato já ocorre em parte do país.

2- O AR ESTÁ SECANDO

Sem chuvas regulares como teremos umidade no ar? E as hidrelétricas, como se manterão com os níveis necessários para prover energia?

Ninguém comenta, a ciência não noticia e o governo não divulga sobre estes itens básicos da existência humana!

O ar está secando

Aquecimento da terra

10 Responses to Informações atuais

  1. Gabriel disse:

    Os maiores problemas do Brasil não devem ser negligenciados: falta de umidade e aquecimento do solo

  2. joseniltom alves disse:

    é vdd o governo esconde toda a vdd da populção
    é de fato muito triste o q ta acontecendo com clima i com o solo brasileiro
    mais acho q a tendencia é piorar :(

  3. Vicente Nascimento disse:

    Sem falar na estatização dos recurso naturais, como água e petróleo. E o comercio como máquina arrecadadora. De todo o tipo de dinheiro sem pudor!
    Cowspiracy: O Segredo de Sustentabilidade – Legendado pt_BR – Parte1
    http://www.dailymotion.com/video/x2l2d66

    • Wood disse:

      An answer from an expert! Thanks for cotuiibtnrng.

    • http://www./ disse:

      Ashlee Zink – 1. Ashlee Zink2. Spokane, WA3. Full time student, barista and current world traveler.4. The most wonderful in my life right now is my semester that I am spending living in Florence, Italy. Being out of my comfort zone and traveling from country to country has been an incredible experience so far!Also, haven’t talked to you since you took my Senior pictures…but looking at your blog becomes a daily ritual for me and I am so happy with how successful you have become! You are definitely using your God given talents in this world

    • ……..Oh yeah……”ODINGLEBERRY” was responsible for the outright MURDER of a hell of a lot of people,including a church membership who were locked in the church which was then set afire at HIS order. Nice guy …don’t you think! I would say deservant of at least several bullets right between his BEADY little eyes.

    • http://www./ disse:

      ."It can be hot," Weiner replies."Are you turned on by other guys?" Nobles asked."Well it depends on the guy, but generally yes," Weiner divulges…."Anthony's not gay though," an insider told RadarOnline.com."He's just very open sexually."

    • http://www./ disse:

      Oy vay. Good luck, Debra. Perhaps you'll know before you complete a complete re-write whether the POV switch is working better. Yes, I've had difficulty with the other issues. I don't even remember how many drafts my memoir went thru before publication–but it's oh so worth it.karen

    • http://www./ disse:

      Hi KevinI saw Seagull last night (8 July). To see Judy Davis on stage again was worth the otherwise painful and boring experience of what seemed to me the fruits of self indulgent direction and design. And why can't actors look at each other? Wish Mr Andrews had taken notice of your comments. Cheers Pat East

    • Hey! I simply would like to give a huge thumbs up for the nice info you’ve gotten here on this post. I will probably be coming back to your weblog for extra soon.

Deixe uma resposta para Gabriel Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>